Pages

Subscribe

19 de dezembro de 2009

O residente esperto

O doutor está ocupado. Um jovem médico, recém-formado, montou seu consultório modesto e, enquanto esperava a clientela, ficou imaginando uma maneira de promover-se. Quando, afinal, apareceu o primeiro cliente, ele já estava preparado. Assumiu um ar ocupadíssimo, fez sinal para que o visitante aguardasse um momento e fingiu que estava respondendo a um telefonema urgente. - Sinto muito, governador, mas é impossível. Amanhã cedo tenho que ensinar uma cirurgia cardíaca para uma nova equipe, à tarde dou aulas na faculdade e à noite estou embarcando para um congresso em Nova York ... Finalmente, voltando-se para o visitante: - Em que posso servi-lo? - O senhor me dá licença que eu vim instalar o telefone.


1 comentários:

Catarino disse...

Ao tentar ser esperto acabou numa saia-justa.

Postar um comentário